Psicólogo – Alguém que eu posso contar

O psicólogo

2014-01-15 19.08.48Curso regulamentado pelo MEC, o psicólogo é aquele profissional que cursou Psicologia em uma Instituição de Ensino Superior, as universidades públicas ou particulares. A Psicologia tem pouco mais que 130 anos e o psicólogo sempre foi um profissional associado a “médico de loucos”. De fato, a maior parte dos teóricos em Medicina (neurologia e psiquiatria) e Psicologia ocuparam-se em tornar compreensível as doenças mentais, numa época em que tais transtornos era diagnosticado como loucura e, assim, poder dar uma vida digna a estas pessoas.

Mas hoje a história é outra e o psicólogo está cada vez mais próximos das pessoas à serviço da sociedade como nunca antes. Embora ainda exista tais associações, o comum é que cada vez mais pessoas busquem ajuda psicoterapêutica, ou psicoterapia com um psicólogo para resolver da melhor maneira assuntos corriqueiros do cotidiano que requer uma alta dose de adaptação, autoconhecimento e capacidade para transformação.

Diante disto, hoje, o psicólogo, no Brasil, está inserido num contexto sócio-cultural de pessoas que sabem, cada vez mais, que este profissional é mais que um amigo que se pode contar, muito mais que alguém que se pode desabafar ou contar segredos. Muitas pessoas já buscam o auxílio de um psicólogo porque sabe, de alguma forma, que este profissional está altamente capacitado com técnicas e métodos científicos suficientes para analisar profundamente os sintomas de sofrimento e inadequação que as pessoas se queixam e, com o psicodiagnóstico, oferecer uma oportunidade única de melhora na qualidade de vida delas.

O psicólogo hoje auxilia não só pessoas, individualmente ou em grupos, ele está a serviço das empresas, hospitais, escolas, em todos os locais, prestando serviços para a justiça, trabalho, Detran, esporte, orfanatos, asilos, publicitários, TI, locais de desastres, entre outras infinidades de experiências humanas.

É comum se pensar no trabalho do psicólogo associado à queixas como:

- depressão,

- TOC,

- Síndrome de pânico,

- ansiedade,

- fobias,

- estresse,

- disfunções sexuais e de alimentação,

- crises de identidade e no casamento,

- entre outras síndromes comumente mais conhecidas.

Mas o psicólogo pode prestar muito mais serviços, entre eles:

- orientação para escolha profissional,

- recolocação no mercado de trabalho,

- orientação para pais,

- apoio em processos cirúrgicos no pré, durante e pós,

- auxílio para vivenciar e superar lutos como perdas de pessoas queridas, separações, mudança de residência, demissões,

- perspectivas para aposentados,

- readaptações com limitações físicas,

- perda de memória e atenção,

- estudos em grupo de sonhos,

- arteterapia,

- estudos de obras literárias que propõe desenvolvimento de potenciais humanos,

- formações culturais e pessoais que visam atualizar as pessoas para compreender e absorver diferentes culturas e pontos de vistas, contribuindo para a eliminação de preconceitos e discriminações,

- além de prestar serviço de carreira acadêmica como docente em universidades e

- outras séries de funções.

Como podemos ver, o psicólogo, hoje, pode auxiliá-lo a produzir os melhores meios para você lidar da melhor forma possível com seus problemas. Lidando da melhor forma com eles você deixa de sofrer, suporta e, muitas vezes, até supera totalmente a crise, estando pronto para amadurecer, assumir riscos e responsabilidades, estar mais motivado, alto autoestima e gozo do estado de felicidade. Isso é saúde mental.

Enfim, esta foi a nossa proposta neste artigo, muitas dúvidas ainda podem existir, mas esperamos ter explicado muitas delas.

Fique à vontade. Você pode entrar em contato conosco para maiores informações.

About these ads